quinta-feira, 5 de maio de 2011

ACNE



Não há tragédia maior para uma mulher vaidosa do que uma enorme, vermelha e purulenta espinha bem no meio do rosto. Pior ainda se exatamente naquele dia ela tiver uma reunião importante, o primeiro jantar a dois ou – imagine! – o próprio casamento!
A pele é constantemente lubrificada pela gordura gerada pelas glândulas sebáceas. A produção exagerada dessa gordura pode obstruir um folículo chamado “comedão”, mais conhecido como “cravo”. O sebo, impedido de sair e contaminado por bactérias, acaba inflamando e transformando-se, então, nas temíveis espinhas.
Tal produção de gordura pode aumentar devido às flutuações hormonais que vivenciamos ao longo do mês. Já reparou como normalmente temos mais espinhas quando estamos próximas de menstruar? As variações hormonais no período pré-menstrual estimulam as glândulas sebáceas, favorecendo o aparecimento da acne.
Além dos hormônios, outros fatores como o estresse, a má alimentação, o uso contínuo de certos medicamentos (como corticóides, por exemplo), maquiagem de má-qualidade e a pré-disposição genética, também influenciam no aparecimento de espinhas ao longo da vida.
Em alguns casos, a espinha pode evoluir para nódulos e cistos dolorosos, causando um incômodo muito maior.
Resistir à tentação de “espremê-la” é uma tarefa árdua, mas necessária. Manipular a lesão pode piorar a inflamação e deixar cicatrizes permanentes.
Existem diversos produtos no mercado que são eficientes contra as espinhas, mas só um dermatologista poderá determinar o melhor tratamento para você. Entretanto, algumas dicas valiosas podem ajudar a amenizar ou prevenir as inflamações:
- Beba água. Ela desintoxica e hidrata.
- No caso de peles oleosas, a limpeza frequente mantém a pele livre da gordura em excesso.
- Evite exposição ao sol e use um protetor solar adequado para sua pele.
- Não durma de maquiagem, ela impede que a pele elimine a gordura naturalmente.
- O cabelo oleoso e com franjas também pode ser responsável por provocar espinhas na testa.
- Alimente-se bem. Vegetais, fibras e grãos mantêm o bom funcionamento do organismo de uma maneira geral.
- Alivie o estresse através de uma atividade prazerosa.
E caso ela apareça na calada da noite, um bom corretivo pode disfarçá-la enquanto você busca ajuda profissional!

Nenhum comentário:

Postar um comentário