segunda-feira, 17 de outubro de 2011

aromaterapia


Aromaterapia na prática

Na Banheira
O banho de banheira é outro método muito eficaz e extremamente prazeroso no tratamento aromaterapêutico. Em um recipiente, misture 10 ml de óleo vegetal, 10 gotas do óleo essencial de sua preferência e dilua a mistura em 1 colher (sopa) de leite morno ou 1 colher (chá) de mel. Despeje a mistura na água da banheira.
As 10 gotinhas dessa receita não precisam ser do mesmo óleo essencial: você pode misturar óleos sempre que quiser associar propriedades diversas. As combinações são uma questão de intenção e preferência pessoal — e, ao final, é importante que o aroma resultante agrade ao usuário.
A diluição dos óleos essenciais no leite ou no mel é muito importante, senão as gotinhas permanecerão na superfície da água na forma de uma película ultrafina que facilmente pode ser transferida para a boca ou os olhos, causando irritação.
Esse cuidado vale para todos, mas especialmente no caso de banhos de bebês e crianças, que costumam esfregar os olhos e levar as mãos à boca com freqüência. Se o óleo essencial só irritaria a córnea do olho de um adulto, no olho de um bebê poderia causar sérias lesões. Na boca, o óleo não diluído pode prejudicar a sensível mucosa interna ou mesmo danificar a mucosa que recobre o estômago, em caso de ingestão.

Banho para áreas doloridas do corpo
• 8 gotas de óleo essencial de LAVANDA
• 2 gotas de óleo essencial de EUCALIPTO
• 10 ml de gérmen de trigo
Misture 1 colher (sopa) de leite e despeje na banheira quente; permaneça por 20 minutos. Depois do banho, aproveite para relaxar por mais 20 minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário